BREVE BIOGRAFIA DO MESTRE LI BAORU

SDC11105

Conhecer o Mestre Li Baoru (李宝如) foi uma das experiências mais gratificantes e desmistificadoras que tive nas artes marciais em toda minha vida. Ele é uma pessoa afável, aberta a novos olhares e receptivo a troca de conhecimento. Na China, ele é considerado a ‘biblioteca viva do Shuaijiao’. Talvez, por essa postura flexível e aberta é que seu conhecimento cresceu em escalas exponenciais. Conhecê-lo, conviver com ele e, acima de tudo, aprender com ele é uma oportunidade única na vida.  Continuar lendo

Anúncios

GRANDES MESTRES DO SHUAIJIAO (中国式摔跤名人访谈录)

cropped-20160804_093055.jpg

O programa Celebridades do shuaijiao (中国式摔跤名人访谈录) exibido na web chinesa  apresenta uma entrevista com o Grande Mestre Li Baoru (李宝如), além de citar outros mestres de grande importância para o desenvolvimento do shuaijiao na atualidade. Para assistir clique AQUI.

UM BOM RESUMO SOBRE O SHUAIJIAO

shanpuyin

No link abaixo de um site chinês os autores apresentam um bom resumo sobre o Shuaijiao. apresentam uma breve perspectiva histórica, fala sobre as escolas de shuaijiao mais importantes (Zhili, Beijing, Tianjin, Baoding e Mongol) e também, apresentam um resumo sobre as regras de competição. Tudo muito breve e bem escrito. Click no link e aprecie. CLICK AQUI!

O EFEITO PERVERSO DA FORMAÇÃO FAST FOOD NO SHUAIJIAO BRASILEIRO (PARTE 2)

Como vocês podem perceber esse tema tem muitos desdobramentos e, para melhorar o diálogo, preferi dividir o texto em partes. Nessa segunda parte vou abordar algumas questões que são periféricas ao problema da formação Fast Food no Brasil, especificamente no Shuaijiao. Começo enumerando essas questões e depois vou explorar cada uma delas. São elas:

  • O tempo necessário para o aprendizado se consolidar;
  • A relação necessária entre professor e aluno;
  • A presunção que saber algum estilo de kungfu é pré-requisito ou autoriza alguém a ensinar Shuaijiao;
  • E o efeito deletério do ensino quando aquele que pretende ensinar não tem os requisitos fundamentais para ser um professor de Shuaijiao.

Continuar lendo

O EFEITO PERVERSO DA FORMAÇÃO FAST FOOD NO SHUAIJIAO BRASILEIRO

Já tem algum tempo que não escrevo um post por aqui. Estou muito envolvido com o projeto da Confederação Brasileira de Shuaijiao (CBShuaijiao). Mas, nos últimos tempos tenho percebido um fato recorrente nos praticantes de Shuaijiao no Brasil que me instigou a escrever este aqui. A insegurança e as dúvidas sobre o conteúdo do Shuaijiao aprendido nos cursos de fim de semana no Brasil pelos “professores” formados nesses cursos.

Continuar lendo

FELIZ ANO DO GALO DE FOGO

galo

ANO DO GALO DE FOGO

De maneira geral o galo é destemido e vaidoso. Gosta de preservar seu território. O que lhe atribui um aspecto de confronto com aqueles que tentam adentrar seus domínios. O elemento Fogo lhe confere uma impulsividade mais exacerbada. Por esse motivo, esse é um ano em que decisões impensadas podem levar ao fracasso. Portanto, pense, planeje, pondere, antes de decidir e de agir.

Feliz ano do Galo de Fogo. Que sua vida seja plena de Saúde, Paz e Prosperidade.

CALENDÁRIO DE ATIVIDADES PARA 2017

logo shuaijiao pb-002

Sempre tentamos fazer nosso planejamento de forma antecipada, mantendo assim o nosso compromisso com a qualidade e organização. Para o ano de 2017 temos uma novidade. Divulgaremos também os eventos da Confederação Brasileira de Shuaijiao (CBSJ), entidade recém criada para organizar e divulgar o shuaijiao no Brasil. Temos certeza que essa iniciativa vai elevar muito a qualidade do shuaijiao brasileiro. Vejam os eventos e esperamos vocês lá. Continuar lendo

O SHUAIJIAO ASSUMINDO O SEU PROTAGONISMO NO BRASIL

 

capa-facebook-2

Desde de o ano de 2000 quando iniciei o trabalho com a arte marcial chinesa com o Mestre Nereu Graballos na Confederação Brasileira de Kungfu Wushu (CBKW), já conversávamos sobre o desenvolvimento de uma nova frente com o Shuaijiao no Brasil. Essa ideia ficou em vida latente até o ano de 2004 quando fundamos o Departamento de Shuaijiao da CBKW. A ideia era difundir o Shuaijiao no Brasil de forma organizada, visto que não havia muitos praticantes da modalidade em território nacional. Sendo mais específico, muito poucos mesmo tinham algum conhecimento concreto sobre essa modalidade. Se não eram alunos do Professor Roberto Batista ou do Professor Li Wing Kay, somente tinham a ideia sobre a modalidade a partir de vídeos na internet ou de ouvir falar. Continuar lendo