ALUMINI

Desde que comecei a aprender (sim, até hoje o Shuaijiao tem sido um grande e instigante aprendizado) e treinar o Shuaijiao, lá pelos idos de 1993, diversas pessoas fizeram parte desta formação. Meu primeiro contato foi com o Mestre Nereu Graballos, que quando retornou de uma viajem à Taiwan para formação na International Kuoshu Federation ministrou um seminário sobre o Shuaijiao. Esse seminário foi determinante para a minha vontade de aprender Shuaijiao. Em 1995 comecei meu aprendizado com o Professor Roberto Batista, o Betão. Ele havia acabado de voltar dos EUA onde aprendeu o Shuaijiao de Baoding com o Mestre John Wang, discípulo direto do Mestre Chang Dongsheng. Em 1999 me formei professor em Baoding Shuaijiao e iniciei a ministrar aulas e, por conta das minhas atividades frente ao Departamento de Shuaijiao da Confederação Brasileira de Wushu, ministrei diversos cursos de formação pelo Brasil.

Para mim o Shuaijiao foi como um grande amor. No começo, um encantamento, as técnicas, a movimentação, a novidade. A medida que fui conhecendo o Shuaijiao, cada dia mais profundamente, cada dia com mais interesse, mais qualidade, mais profundidade, esse encantamento foi crescendo e se tornando uma verdadeira paixão. Uma bem ancorada paixão, com muito estudo, muito treino, muito esforço, viagens, novos ares, quebras de paradigma, novos professores, novas metas. A importância do estudo e do desenvolvimento se tornou fundamental para o aperfeiçoamento do meu conhecimento.

Durante esse processo, e com o aumento da demanda, houve a necessidade de pensar o trabalho no sentido do desenvolvimento da modalidade e, por essa demanda, foram realizados diversos projetos de formação de alunos e atletas, cada qual inserido em um contexto específico, com objetivos e características bem definidos. Vários cursos foram realizados e, nesses cursos, diversos alunos meus se formaram em um sistema de cursos modulares pelo Brasil. Sobre esses cursos temos material disponível aqui. Além dos cursos, diversos alunos treinam no sistema tradicional de aulas regulares, que podem ser encontrados aqui nesse site na página Equipe.

Desses muitos alunos que ensinei, alguns poucos continuam a aprender regularmente. Outros, decidiram fazer suas próprias trajetórias ou seguir caminhos diferentes do Shuaijiao. Alguns decidiram me acompanhar no aprendizado do Beijing Shuaijiao a partir de 2008, outros preferiram permanecer no Baoding.

Independente disso, é importante registrar todos aqueles que se formaram em Shuaijiao sob a minha orientação, mesmo que essa caminhada durasse um curto período de tempo dos cursos de formação, que no mínimo levavam dois anos.

Formei professores desde 2004, de duas formas, em cursos modulares de formação e no sistema tradicional de aulas regulares. Os cursos de formação modulares tiveram dois formatos, (6 módulos e 9 módulos), que contemplaram o conteúdo do Shuaijiao de Baoding, que aprendi do Professor Roberto Batista.

Atualmente, em formato modular ou em formato tradicional, com alunos regulares, ensino segundo o currículo do Shuaijiao de Beijing, aprendido com o mestre Ma Jianguo e com o Grão-Mestre Li Baoru desde 2008, quando iniciei viagens regulares à Beijing, China, para aprender com esses mestres. A seguir apresento a lista de cursos ministrados, com o máximo de informações a respeito de cada um deles.

Abaixo disponibilizo a lista de alunos, características dos cursos e diversas outras informações com o quantitativo de professores formados e os currículos relacionados, além de um link para um quadro explicativo de cada curso ministrado. Também apresento a lista de cursos iniciados e não finalizados por Estados e ano de início. E ainda, a lista de pessoas formadas pelo sistema tradicional de aulas regulares..

Cursos finalizados, número de professores formados e respectivos nomes

  1. Júlio Cesar Mafra.

 

  1. Júlio Cesar Mafra;
  2. Francisco Antônio Veber;
  3. André Gomes de Azevedo;
  4. Adriano G. de Barros;
  5. Ezes Oliveira Barros;
  6. Luiz Estevão Marquezini;
  7. Rubens Antonio de Moura;
  8. Sérgio Maravalli;
  9. Márcio Adalberto Gonçalves.

 

  1. André Lins M. Coelho;
  2. Antônio José Lana Carvalho;
  3. Thiago Ferreira de Borges;
  4. Silvio Yoshikazu Kato;
  5. Ivan Pereira Pinheiro;
  6. Evandro Almeida da Silva;
  7. Cleber Eduardo Araújo;
  8. Carlos Alexandre Morais.

 

  1. Cicero Gonçalves da Silva Cruz;
  2. Antônio Marcelino Mendes de Oliveira;
  3. Francisco Vladmir Paula da Silva;
  4. Carlos Roberto Caetano da Silva;
  5. Josineide da Silva Julião;
  6. João Bosco de Souza Filho;
  7. Carlos Educardo Melo da Rocha;
  8. Ricardo Alves de Souza;
  9. Leonardo Hisley Uchoa;
  10. Manoel Evandro Pessoa da Silva;
  11. Antônio Wilson Pedro da Silva;
  12. Rogério Monteiro;
  13. Antônio Villamar Martins Viana;
  14. Roger Duarte Meneses;
  15. Pedro Neto de Oliveira.

 

 

Cursos iniciados e não finalizados

  • Rio Grande do Sul – início em 2009.
  • Paraná – início em 2010
  • Paraíba – início em 2009
  • Acre – início em 2010
  • Piauí – início em 2012
  • Pará – início em 2015

 

Formados no sistema de treinamento tradicional

  1. Ricardo Wolf Jordão – formado em 2005;
  2. Marcelo Requena (Argentina) – formado em 2006.

 

Conteúdo do Baoding com 6 módulos – Cursos iniciados entre 2001 a 2008

  • Conhecimentos teóricos básicos;
  • História do Shuaijiao;
  • Regras de competição;
  • 6 Técnicas de rolamento;
  • 8 pegadas no jiaoyi;
  • 8 estalos de faixa;
  • 30 Formas;
  • 32 Projeções.

 

Conteúdo do Baoding com 9 módulos – cursos iniciados a partir de 2009

  • Conhecimentos teóricos básicos;
  • História do Shuaijiao;
  • Regras de competição;
  • 6 Técnicas de rolamento;
  • 8 pegadas no jiaoyi;
  • 8 estalos de faixa;
  • 28 Formas;
  • 39 Projeções.

 

Conteúdo de Beijing com 9 módulos – Cursos iniciados a partir de 2012

  • Conhecimentos teóricos básicos;
  • História do Shuaijiao;
  • Regras de competição;
  • 10 Técnicas de rolamento;
  • 6 Posturas de luta;
  • 10 pegadas no jiaoyi;
  • 14 Técnicas de Shoufa (esgrima);
  • 10 estalos de faixa;
  • 14 Dabangzi e Xiaobangzi;
  • 59 Formas;
  • 63 Projeções.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

%d blogueiros gostam disto: